EIC
Capotao

Pesquisar



11 de janeiro de 2022

Período chuvoso é uma dádiva para o sertanejo. Muitos vibram com os volumes de chuvas que abastecem reservatórios no Semiárido da região, não somente por meio do que se observa e sente, como, também, via análise de dados dos índices pluviométricos das precipitações, comumente obtidos pela estação meteorológica, equipamento recém-adquirido pelo IFRN em Pau dos Ferros.

A estação é composta de duas partes/equipamentos. A primeira dela está localizada em uma das extremidades da praça do Campus, sendo constituída de um aparato que aglomera sensor de temperatura, umidade, além de  pluviômetro. Já o painel digital, que exibe os dados coletados pela estação, está disponível na recepção, no armário de troféus com vista transparente.

Segundo Alriberto Germano, Coordenador de Laboratórios, a estação traz dados, como temperatura interna e externa, previsão de tempo, pressão atmosférica, velocidade e direção do vento e pluviometria. “Aqui no Campus, configuramos a visualização da pluviometria das últimas 24 horas”, detalha Alriberto técnico de laboratórios na área de ciências.

Utilidade acadêmico-científica

Além da utilidade dos dados, o equipamento apresenta-se como subsídio para estudos e pesquisas, já que a estação compila e exibe dados diversas variáveis da atmosfera local.

Instalada no final do ano passado, a estação funciona, ininterruptamente, e está sob o comando da Coordenação de Laboratórios (Colab). Informações e dúvidas podem ser tratadas pelo e-mail colab.pf@ifrn.edu.br.

Ao final de cada mês, a Colab coletará dados para geração de relatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.