Capotao
EIC

Pesquisar



13 de outubro de 2021

Ao longo de mil dias de gestão, o Governo do Presidente Jair Bolsonaro, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), investiu mais de R$ 3,5 bilhões em obras de segurança hídrica em todo o Brasil. Uma das prioridades da Pasta é levar água às regiões brasileiras que convivem com a seca, possibilitando o desenvolvimento dessas localidades e garantindo mais qualidade de vida e saúde para a população.

Parte desses investimentos foi destinada ao Projeto de Integração do Rio São Francisco, a maior obra hídrica do País. Com 477 quilômetros de extensão, divididos em dois eixos (Leste e Norte), o empreendimento e suas obras complementares vão garantir a segurança hídrica a 12 milhões de pessoas em 390 municípios localizados nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Desde 2019, grandes obras hídricas no Nordeste receberam recursos do Governo Federal, como o Cinturão das Águas do Ceará, as Vertentes Litorâneas da Paraíba, o Ramal e Adutora do Agreste Pernambucano, o Canal do Sertão Alagoano (entregue em maio de 2021) e a Barragem de Oiticica, no Rio Grande do Norte.

Além disso, foram iniciadas as obras do Ramal do Apodi, última etapa do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A infraestrutura vai levar água a 54 municípios dos estados do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Ceará, beneficiando cerca de 750 mil pessoas. O investimento federal nas obras de construção civil é de R$ 938,5 milhões.

Outros empreendimentos que estão com os estudos e elaboração de projetos em andamento, tais como Projeto Seridó e a Adutora do Piquiri, no Rio Grande do Norte, e o Canal do Sertão Baiano:

Programa Água Doce;

Águas Brasileiras e

Poços e cisternas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.