Capotao
EIC

Pesquisar



9 de agosto de 2021

A prefeita de Pau dos Ferros, Mariana Almeida, protocolou nesta segunda-feira, 09, na Reitoria da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, o pleito para a instalação do curso de Medicina no município. Atualmente, a Ufersa Pau dos Ferros conta com sete cursos de graduação e já tramita no Ministério da Educação, na Secretaria de Educação Superior – Seres, a criação do curso de Direito. A perspectiva é de que os códigos de vagas sejam liberados até o final de setembro. “A situação da aprovação do curso de Direito para Pau dos Ferros é uma realidade”, garantiu a reitora, Ludimilla Oliveira, para a prefeita Mariana.

Assim que ocorrer a liberação dos códigos de vagas pelo Mec, a pauta de criação do novo curso de Direito da instituição será apreciada pelo Conselho Superior Universitário – Consuni – e, posteriormente, a realização de concurso para professor. A previsão da reitora Ludimilla Oliveira é de que o curso comece a funcionar no segundo semestre de 2022. “Vivenciamos essa grande expectativa para a realização desse sonho da sociedade pau-ferrense”, comentou a prefeita.

Quanto ao curso de Medicina, a reitora adiantou que a exemplo de Caraúbas e Angicos, o primeiro passo é formar uma comissão para estudar a viabilidade técnica para a implantação do curso. “Vamos dar início aos estudos de viabilidade e, com a continuidade dos resultados de cada ação, a palavra final será do Mec”, adiantou Ludimilla. Depois, o estudo será encaminhado a Seres para aprovação do pleito.

A professora afirmou ainda que a Universidade tem sido procurada por vários municípios, inclusive, de outros Estados, em busca de atividades de extensão e de ações da reitoria. “Isso mostra que a nossa proposta de uma gestão itinerante vem dando certo e é o caminho para fazer o melhor pela educação do nosso Estado”, acredita.

Para a prefeita Mariana Almeida a implantação dos cursos de Medicina e Direito na Ufersa Pau dos Ferros representa mais desenvolvimento para a Região do Alto Oeste que abrange 37 municípios, além de outros da Paraíba e Ceará. “Já temos um hospital regional e trazer Medicina para o município será uma grande vitória para toda a população, além de representar mais desenvolvimento”, declarou a prefeita.

Fonte: Ufersa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.