Capotao
EIC

Pesquisar



20 de março de 2021

O município de Pau dos Ferros, que possui uma população superior a 30 mil habitantes e, juntamente com os cidadãos de mais 36 cidades da região do Alto Oeste, somados aos de Estados que fazem divisa com o RN, como Paraíba e Ceará, que vêm usar serviços e efetuar compras e fazer negócios aqui, na ‘Terra dos Vaqueiros Bravios’, em diversos ramos da atividade econômica, esse público ultrapassa os 60 mil.

Mesmo com essa quantidade considerável de pessoas circulando, diariamente, desde o dia 26 de janeiro o número de óbitos, gerado pela infeção do COVID-19, graças a Deus, permanece estável em 13 pacientes: 12 do governo anterior e 01 da gestão atual.

Quero deixar claro que toda morte é uma perda irreparável e importa.  Nós lamentamos e estendemos votos de pesar às famílias enlutadas, cujos entes queridos foram vencidos pelo vírus.

Compete às autoridades, dos três níveis de governo (Federal, Estadual e Municipal), cumprir com o seu papel nessa luta desigual contra um inimigo comum, invisível, mortal e mutante.

Observo que, dentro das limitações dos entes, todos procuram atuar. No entanto, também vejo que a população, às vezes, não colabora ignorando as medidas sanitárias básicas: uso de máscaras e o distanciamento social. No âmbito municipal, a equipe da Vigilância Sanitária realiza um excelente trabalho educativo. Os Agentes de Endemias e de Saúde executam atividades de desinfecção de órgãos públicos e, também de orientar a população sobre os malefícios da doença.

Por fim, também acho, apesar de não ser médico, nem fazer parte do time de “especialistas” propalados pela chamada GRANDE MÍDIA, que o tratamento precoce com os medicamentos que temos disponíveis, receitados por um profissional de saúde com CRM, devem ser administrados nos pacientes, haja vista que milhares de pessoas já tomaram e lhes surtiu efeito; embora muita gente do contra diga que “não há comprovação científica”.

Aí eu pergunto: E trancar tudo, decretar o modismo Lockdown, tem comprovação científica? Essa medida insana e tresloucada já foi tentada e testada, inúmeras vezes, em vários países, sem nenhum resultado exitoso. Ao contrário, a situação piorou. Essa maluquice só gerou quebradeira de empresas, geração de desemprego, fome, depressão e morte, inclusive por suicídio.  

Já as vacinas são fundamentais? SIM. Sempre foram e serão no combate e prevenção aos vírus. Porém, da forma como são produzidas, nas carreiras, ‘avexado’, apressadamente, quase pulando etapas, de forma instantânea, como se prepara leite em pó e café granulado, não sei se terá muita eficácia, não. Tomara que eu esteja errado. O futuro dirá. Mas esta é a minha opinião. Ponto.

Números estatísticos de 26 de janeiro de 2021
Números estatísticos do dia 18 de março/2021 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.