Capotao
EIC

Pesquisar



20 de março de 2021
Casa da Pedra

Em visita técnica a Martins, na quinta-feira (18), o Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) e do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, esteve reunido com a gestão municipal para tratar acerca das questões ambientais do município e propor o projeto para implantar o Monumento Natural – Cavernas de Martins, primeira Unidade de Conservação Estadual no Alto Oeste.

A reunião aconteceu na sede da Prefeitura com a presença do diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, do secretário da Sedraf, Alexandre Lima, e da prefeita, Maria José Costa.

Para o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, o fortalecimento do diálogo com os municípios é fundamental para otimizar os trabalhos com segurança jurídica, técnica e apoio mútuo às questões ambientais. “Ao pensar na instalação de um Monumento Ambiental, em Martins, estamos favorecendo o desenvolvimento sustentável da região e do Estado.

A prefeita de Martins, Maria José Costa, enfatizou que o Idema está mais próximo ao município, “estamos conversando sobre a implantação do Monumento que é importante para o nosso município. Mas precisamos analisar algumas questões como será a manutenção do Monumento, visto que a cidade apresenta dificuldades hídricas. Após a construção da RN-117, pessoas de outros Estados estão vindo visitar Martins. Com a instalação do Monumento Natural, o turismo será ainda mais incrementado e o meio ambiente mais protegido”, reforçou a prefeita.

O coordenador do Núcleo de Unidades de Conservação (NUC), Rafael Laia, apresentou o projeto e explanou sobre as Unidades de Conservação já existentes no Estado. Além disso, detalhou as informações já catalogadas na área ambiental onde pretendem implantar o Monumento. 

Na ocasião, foi mencionada como seria dada a compatibilização para instalar o Monumento com as atividades que são desenvolvidas atualmente na região, como, por exemplo, o uso do solo por parte da população da Zona Rural. Segundo o secretário da Sedraf, Alexandre Lima, “é possível conciliar o uso racional, alimentar e da pecuária. As famílias farão uso sustentável da terra, vão ganhar em suporte de forragens, ampliar a capacidade de criação e a oferta alimentar”. O secretário mostrou apoio ao Monumento, “Martins já possui uma área turística consolidada, a Unidade de Conservação irá agregar uma roupagem diferenciada à região. O município passará a ter a conotação de Turismo Sustentável”, informou o secretário.

Casa de Pedra

Após o encontro, os representantes do Governo e técnicos foram conhecer a área, onde possivelmente será implantado o Monumento Natural. No espaço, rico em biodiversidade e com grande área florestada, fica localizada uma das importantes cavernas da região, a Casa de Pedra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.