Capotao
EIC

Pesquisar



16 de novembro de 2020

As eleições de Pau dos Ferros, com fechamento há pouco, deu uma vitória, acachapante, à candidata Marianna Almeida (PSD), com uma maioria esmagadora de 1.510 votos. Foi peia de SAIA pra mais de metro. Faz tempo que canto a bola.

Ela obteve, de forma democrática, pelo voto livre do povo soberano desta cidade, 8.604 (54,22%) contra 7.094 (44,71%) do forasteiro, lá de Fortaleza, que deverá pegar o beco pra lá em janeiro do próximo ano.

O prefeito arrogante, prepotente, vaidoso, sofreu uma surra conversada!

Acho que ele, hoje, aprendeu a lição. Gente tem de ser tratada como gente, senhor de 44 anos.

Não adianta usar o chicote 3 anos e 10 meses e, no final de uma campanha, querer resolver os problemas e demandas reprimidas  numa semana antes da eleição. Isso não cola mais. É estratégia vencida. Inventem outra.

Já na Câmara de vereadores, houve uma mudança substancial, inclusive com baixa votação.  A mais votada foi Zélia leite, com 878 votos. O segundo, o Gordo do Bar, que obteve 844.

Já parlamentares com mandatos, Xixico Florêncio conseguiu a reeleição, assim como Galego do Alho e Bolinha Aires.

Outros vereadores com mandatos eletivos, como Eraldo Alves, Sargento Monteiro e Junhão, pra meu espanto, ficaram de fora.

A surpresa foi a eleição de Deusivan Santos, um jovem lá do Riacho do Meio.  

Pois é . . .

Como já escrevi aqui nesta ferramenta de comunicação virtual.

“Voltei-me e vi, debaixo do sol, que não é dos ligeiros a carreira, nem dos valentes, a peleja, nem tampouco dos sábios, o pão, nem ainda dos prudentes, a riqueza, nem dos inteligentes o favor, mas que o tempo e a sorte pertencem a todos”, disse o sábio Rei Salomão, em Eclesiastes 9:11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.