Capotao
EIC

Pesquisar



5 de outubro de 2020

O Governo do Estado, através da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN-RN), injetou mais de R$ 1,5 milhão na economia de 14 cidades do estado em apenas quatro dias. O grande volume de recursos liberados em forma de crédito garantiu apoio a 329 empreendimentos por meio do programa Microcrédito do Empreendedor Potiguar.

Entre a última terça-feira (29) e hoje, 05, a equipe do programa garantiu a liberação de financiamentos para as cidades de Messias Targino, Patu, Lucrecia, Marcelino Vieira, Luiz Gomes, Major Sales, Pau dos Ferros, Timbaúba dos Batistas, Caraúbas, Apodi, Felipe Guerra, Mossoró, Assu e Fernando Pedroza.

O maior investimento em apoio a novos negócios e a empreendedores já existentes nesta caravana do crédito foi realizado na cidade de Apodi, na região Oeste do estado, para a qual foram disponibilizados R$ 322 mil aos 77 empreendimentos que buscaram o apoio da AGN.

Em Mossoró também foram liberados financiamentos, neste caso, através da parceria entre a Agência de Fomento e a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM). Ao todo, foram 16 empreendimentos atendidos com o total de R$ 124,5 mil. A ACIM atua como correspondente da AGN para tirar dúvidas, receber documentos e encaminhar para AGN o andamento do processo para concessão de crédito.

Para a diretora-presidente da AGN, Márcia Maia, o trabalho desempenhado pela instituição de fomento à economia potiguar tem garantido não apenas a manutenção de empreendimentos em todo o estado, mas também tem permitido que outros negócios possam crescer através da melhoria de estoque e infraestrutura para prestação do serviço.

“Temos ido a todas as regiões do estado e, em cada cidade, ouvimos empreendedores que mesmo diante da crise provocada pela pandemia da Covid 19, conseguiram com o apoio do Governo do Estado, através da AGN e do financiamento disponibilizado em condições especiais de carência e juros, manter seus negócios. Em muitos casos, há aqueles que têm conseguido até mesmo ampliar, especialmente nos setores de comércio de alimentos e agricultura familiar. Mas temos atendido, cada vez mais, segmentos e buscando formas de alcançar todo e qualquer empreendedor que necessite do apoio da AGN”, afirmou Márcia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.