EIC
Capotao

Pesquisar



14 de setembro de 2020

Na Convenção do Partido Republicanos do município do Encanto, realizada na manhã desta segunda-feira, 14, na Câmara de Vereadores, o prefeito, Atevaldo Nazário, amargou uma derrota e não poderá disputar a reeleição. Está fora do jogo político deste ano, pleito que acontecerá no próximo dia 15 de novembro. Perdeu por 2 a 1. Votaram contra ele, a Presidente do Partido, Lídia Guedes, e sua mãe, Edna Bessa.  

O evento foi recheado de muito disse-me-disse e, em alguns momentos, os ânimos ficaram acirrados. Até a Polícia Militar foi chamada.

O atual gestor da ‘Terra de São Sebastião’, com esse resultado desfavorável, está pagando um pecado capital. Há até quem diga que o inferno é aqui na terra. Quem faz aqui, paga, com juros, aqui mesmo. É  a lei do retorno.

Recentemente, em áudios que circularam na imprensa de todo o Rio Grande do Norte – e até em Estados circunvizinhos –  ele, de forma insana e desprovido de respeito, amor e empatia ao sexo feminino, que faz tempo que deixou de ser frágil, adjetivou a Presidente do Partido, Psicóloga Lídia Guedes,  ‘de mulher da zona do baixo meretrício’, para usar um eufemismo. A palavra foi mais forte e rasteira.

Não se dando por satisfeito, também agrediu, verbalmente, em áudio de celular, a vereadora Raquel Nogueira, filha do vice-prefeito, Nonato Nogueira, filiado ao PROGRESSISTAS.

Pois é . .

Um pensador escreveu: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”.   

Há outro que afirma que “a vingança é um prato que se come frio”.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.