Capotao
EIC

Pesquisar



4 de junho de 2020

🖥 O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) desenvolveu um sistema capaz de verificar os Portais de Transparência dos Municípios, de forma automatizada e perene, acompanhando a execução orçamentária especialmente dos gastos com ações de serviço de saúde e de combate ao novo coronavírus (Covid-19). O sistema Confúcio foi pensado e implementado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias do Patrimônio Público (Caop-Patrimônio).

📈 O município de Taboleiro Grande atingiu uma das maiores pontuações com 350 pontos dos 400 possíveis. De acordo com a Prefeita, Klébia Bessa, “esse reconhecimento do Ministério Público, vem coroar o trabalho da nossa gestão, que sempre busca fazer a coisa correta”.

📊 Para se chegar ao ranking, a ferramenta utiliza dados sobre repasses federais (valores recebidos pelos entes públicos para enfrentamento à pandemia) junto à Controladoria Geral da União (CGU). Além disso, o Sistema Confúcio também verifica se há uma aba específica “Covid” no Portal da Transparência, onde devem constar todas as informações e as despesas para enfrentamento ao vírus, conforme legislação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.