Capotao
EIC

Pesquisar



2 de abril de 2020

O Laboratório Central Dr. Almino Fernandes – Lacen-RN – divulgou nota técnica sobre critérios para aceitação de amostras de casos suspeitos por Covid-19 aos serviços e profissionais em saúde, nesta quinta-feira (02).

A nota informa que o Lacen apenas receberá as amostras coletadas dos pacientes que estejam com sinais e sintomas até o sétimo dia contado a partir do início destes e que se enquadrem na definição de caso suspeito para Covid-19 e sejam pertencentes aos seguintes grupos de risco: pacientes com comorbidades – diabetes mellitus, hipertensão arterial, cardiopatia, doença pulmonar crônica, neoplasias malignas e gestação de risco -, pacientes com 60 anos ou mais e profissionais da saúde.

Serão também coletadas e recebidas as amostras de todos os pacientes internados que atendam a definição de caso para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). As amostras fora dos critérios apresentados serão rejeitadas, devido à necessidade de racionalização na utilização dos kits de coleta, uma vez que há desabastecimento dos insumos necessários para a realização dos testes em âmbito nacional.

“É imprescindível no contexto mundial de desabastecimento e dificuldade de fornecimento dos insumos necessários ao diagnóstico laboratorial do Covid-19 que haja racionalização no uso dos materiais. A solicitação dos exames de acordo com os critérios preconizados pelo Ministério da Saúde contribuirá para que não faltem materiais e exames para os casos graves e populações de risco”, explica o diretor administrativo do Lacen, Derley Galvão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.