Al Autismo
EIC
Capotao

Pesquisar



29 de novembro de 2019

Os servidores da saúde do Rio Grande do Norte realizaram na manhã desta sexta-feira (29) um ato público em frente ao Hospital Walfredo Gurgel. Na atividade, os trabalhadores cobraram o pagamento dos salários atrasados, melhores condições de trabalho e atendimento à população e também denunciaram a postura autoritária, de assédio moral e descaso com a falta de medicamentos básicos, da direção da unidade.

As paralisações dos servidores da saúde estadual acontecem desde o dia 20 de setembro para cobrar os salários atrasados e denunciar as condições dos hospitais. A governadora Fátima Bezerra (PT/PCdoB) e o secretário de Saúde, Cipriano Maia, estão realizando um verdadeiro desmonte no SUS do Rio Grande do Norte. Sobrecarregando os profissionais, fechando leitos e hospitais, sucateando os serviços públicos de saúde.

Além disso as atividades também reivindicam reajuste salarial, a convocação de mais profissionais da saúde, condições de trabalho, direito à incorporação da insalubridade e outras gratificações na aposentadoria e em defesa do SUS. Essa luta é de todos os que lutam por uma saúde pública de qualidade! Fortaleça a luta pela cobrança dos atrasados.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.