EIC
Capotao
Al Autismo

Pesquisar



26 de novembro de 2019

No dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher, o Governo Federal anunciou medidas para coibir o problema. Entre elas, campanha para sensibilizar, esclarecer e convocar os brasileiros para uma união nacional contra o crime.

“Nós temos que criar meios para dissuadir os agressores. Criar normas, leis, que os façam sentir, que os façam cada vez mais se arrependerem dos seus atos. É uma política que continua, que se acelera em nosso governo”, disse o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Medidas de enfrentamento à violência

No Palácio do Planalto, a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou que a partir de janeiro do ano que vem todas as delegacias do país também serão delegacia da Mulher. Segundo a ministra, só 9% dos municípios brasileiros possuem delegacia da Mulher, e 19% algum órgão de defesa da mulher.

“Vamos capacitar todos os agentes de delegacias do Brasil. Vamos capacitar todos os delegados. Nem que seja uma salinha pequenininha, todas as delegacias do país estarão capacitadas para receber mulheres”, explicou.

Novidade também no Ligue 180. A partir de janeiro de 2020, o canal irá ter serviço por videoconferência para atender também às mulheres surdas. Já o programa Salve uma Mulher vai capacitar profissionais de diferentes áreas para reconhecer e ajudar uma mulher vítima de violência. De acordo com a ministra, serão qualificados 340 mil agentes de saúde, 106 mil agentes dos Correios, 30 mil conselheiros tutelares, 1.722 defensores públicos da União e 400 mil médicos. “Em três anos, serão quatro milhões de pessoas”, disse a ministra.

Campanha Publicitária com as cantoras Simone & Simária:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.