EIC
Capotao
Al Autismo

Pesquisar



4 de novembro de 2019

Hoje é dia 04 de novembro. Falta, exatamente, onze meses para os eleitores de Pau dos Ferros – e mais 5.669 municípios do Brasil – escolherem seus prefeitos, vices e vereadores por meio do voto secreto e soberano. O tempo corresponde a uma gravidez e 60 dias de resguardo.

Aqui nesta cidade polo do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, no pleito do ano passado, estavam aptos a votar 19.943 eleitores, sendo 10.529 mulheres e 8.914 homens.  Este número deverá ser superior a 20 mil na disputa que se avizinha.

No segundo turno de 2018 houve 14.944 votos válidos. Isto significa que 4.499 estão entre as abstenções, brancos e nulos. Número bastante expressivo.

Em 2020, na ‘Terra dos Vaqueiros Bravios’, poderão concorrer ao cargo de prefeito uns cinco candidatos. Até o momento, os postulantes lançados são o atual gestor, Leonardo Rêgo (DEM), que tentará a reeleição, o professor/advogado Valderi Idalino (PC do B) e o delegado da Polícia Civil Inácio Rodrigues (PT). Há quem afirme que o médico Salismar Correia (SOLIDARIEDADE), que é vice-prefeito de São Miguel, já deve ter transferido o título para concorrer à chefia do executivo pau-ferrense e, ainda, um nome da ala ligada ao ex-prefeito, Nilton Figueiredo, que ninguém sabe, ninguém viu, quem é o dito cujo. Talvez, esse ou essa postulante saia do bolso de algum paletó, nos 45 dos segundo tempo, pra ser jogado (a) de goela abaixo dos eleitores.

Nos tempos atuais, não existe mais espaço para político amador. E é como os oposicionistas locais se comportam.

Assim sendo, pelo que vislumbro, a se manter esse quadro de racha na oposição em quatro pedaços, o prefeito Leonardo Rêgo não encontrará muita dificuldade para comer a rifa novamente. Com um detalhe. Diferentemente das três vitórias que obteve, a maioria, desta vez, ultrapassará a casa dos 300 votos.         

Uma resposta para “Pau dos Ferros-RN: Com oposição dividida em quatro pedaços, a 11 meses da eleição, prefeito Leonardo Rêgo deverá ser reeleito”

  1. Junior Vieira disse:

    Mazinho, não se engane. A oposição vai se juntar. As conversas estão adiantadas, apesar do silêncio. O nome sem dúvidas é o do Delegado Inácio, que é quem reúne as melhores condições. O que falta é convencer o delegado a aceitar, pois ele, que já esteve mais motivado, tem negado essa possibilidade. Pois bem, amigo, se ele aceitar e oposição marchar UNIDA. o menino vai conhecer a primeira derrota da vida. O povo não quer mais Leonardo. A verdade é essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.