Capotao
Al Autismo
EIC

Pesquisar



4 de setembro de 2019

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou nesta quarta-feira (04) da entrega da aeronave multimissão KC-390 para a Força Aérea Brasileira (FAB). Ao todo, 28 aviões do mesmo tipo irão compor a frota de defesa. Na Base Aérea de Anápolis (GO), o presidente entrou na aeronave, viu o painel de controle e batizou o modelo.

Bolsonaro destacou a importância da área da ciência e tecnologia para o país. “Investindo nessa área colheremos os frutos”, ressaltou. “Afinal, o país que não a tem está condenado a ser escravo de quem a possui. Por isso, em grande parte, o nosso governo procura cada vez mais se aproximar de países outros sem o viés ideológico, para atingirmos a esse objetivo”, afirmou.

O KC-390 foi desenvolvido pela Embraer e é a maior aeronave militar fabricada no Brasil. Tem capacidade para atuar em missões como de transporte de tropas e de cargas, reconhecimento aéreo, patrulha marítima, combate a incêndios em voo e socorro humanitário. Pode transportar até 26 toneladas e atingir a velocidade máxima de 870 quilômetros por hora.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo,falou da integração do KC-390 à frota da Força Área Brasileira. “Vivemos hoje um momento especial com o recebimento pela FAB do primeiro avião multimissão KC-390. Além de representar significativo incremento na capacidade operacional da FAB, possui enorme potencial para ampliação e participação brasileira no mercado internacional de defesa, possibilitando inegável contribuição para a economia do país”, afirmou.

O Comandante da Aeronáutica, Antonio Carlos Moretti, disse que a fabricação da aeronave partiu de um trabalho conjunto de setores como a Aeronáutica, órgãos da área de tecnologia, da Embraer e “representa um salto tecnológico de 50 anos”. “Será a espinha dorsal da aviação de transporte da FAB”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.