EIC
Capotao

Pesquisar



13 de junho de 2018

O Museu de Cultura Sertaneja (MCS) do Campus Avançado Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Pau dos Ferros, está com exposição aberta, intitulada “Andanças e memórias dos vaqueiros no Alto Oeste potiguar”. A mostra é aberta ao público, das 8h às 17h.

As exposições funcionam com agendamentos de grupos escolares, grupos de idosos (CRAS), dentre outros, segundo informa o diretor do CAMEAM, Prof. Me. Jailson José dos Santos. O espaço recebe visitação de escolas da região do Alto Oeste e de várias partes do Estado.

O Museu trabalha com amostras temáticas da cultura sertaneja e já está na quarta exposição. A atual expõe a forma de ocupação da região, onde se cuidava da ajuntação de gado, como os vaqueiros se reuniam sob a sombra da oiticica onde deixavam suas marcas no “Pau dos Ferros”.

A próxima exposição já está em fase de pesquisa e tem como tema prévio a passagem da Coluna Prestes no Alto Oeste potiguar. “O Campus sempre faz chamada de divulgação em todas as instituições da região e tem impulsionado a interação da UERN com a população da região, via Museu de Cultura Sertaneja”, destaca.

“O museu é cadastrado no Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e é uma referência para a cultura e para a história regional”, frisa Jailson dos Santos. Desde o início de seu funcionamento, o museu já recebeu aproximadamente 6 mil visitantes, segundo o livro de registro.

O Museu de Cultura Sertaneja (MCS) da UERN foi idealizado pelo professor e pesquisador Gilton Sampaio de Sousa, então diretor do Campus da UERN em Pau dos Ferros, vinculado ao Grupo de Pesquisa em Memória e Identidade na Pós-Graduação, que com um grupo de servidores incentivou a criação do museu no ano de 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.