EIC
Capotao

Pesquisar



20 de janeiro de 2018

Dizem que “a dor que verdadeiramente dói é a dor que dói na gente”. E dor pressupõe sofrimento. E é exatamente o que está acontecendo com os aposentados e pensionistas do Rio Grande do Norte, que estão com os salários atrasados.

No intuito de tentar resolver essa questão, o governador Robinson Faria, com a melhor das intenções, enviou mensagem à Assembleia Legislativa, com pedido de urgência,  solicitando autorização para sacar cerca de R$ 400 milhões do Fundo Financeiro do Estado para quitar a folha de pagamento dessas categorias.

Acontece que os deputados Carlos Augusto (PSD), Fernando Mineiro (PT), George Soares (PR), Getúlio Rêgo (DEM), Gustavo Fernandes (MDB), Hermano Morais (MDB), Kelps (SDD), Larissa Rosado (PSB) e Márcia Maia (PSDB), que ganham rios de dinheiro e vivem na fartura, VOTARAM CONTRA essa importante medida que o chefe do executivo potiguar encontrou para colocar comida na mesa desses profissionais, que tanto já contribuíram para o desenvolvimento do RN.

Saco seco não se põe em pé”, diz um adágio popular.

O contraditório, nessa historia, é que GRANDE parte desses parlamentares VOTARAM A FAVOR do mesmo projeto, em 2014, na gestão de Rosalba Ciarlini. “É muito estranho”, como diz o cantor Dalto, rumarem na contramão, agora, em 2018.

O Rio Grande do Norte vive uma situação delicada, financeiramente, e precisa trabalhar irmanado para sair da crise. É preciso o sacrifício de todos; até porque, sozinho, não se chega a lugar nenhum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.