Al Autismo
Capotao
EIC

Pesquisar



12 de janeiro de 2018

Com a homologação da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), a Educação Financeira passa a ser obrigatória e deverá ser abordada, principalmente, em Matemática e Ciências da Natureza para crianças do ensino fundamental. O Banco Central (BC) participou do processo de elaboração do documento, que começa a valer a partir do próximo ano letivo, por meio de audiências públicas.

A educação financeira é o processo mediante o qual os indivíduos e as sociedades melhoram sua compreensão dos conceitos e produtos financeiros. A gestão das finanças precisa levar em conta as oportunidades e os riscos para que se façam escolhas embasadas.

A base é uma diretriz para a formação da grade curricular das escolas de todo o país. A inclusão do assunto na BNCC foi fruto da iniciativa do Banco Central em conjunto com entidades parceiras. “O Banco Central participou de diversas audiências públicas. O BC tem, historicamente, liderado a construção do conteúdo de educação financeira para as escolas”, diz Isaac Sidney, diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do BC, que participou da interlocução com a Pasta.

BC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.