Eic Matriculas
EIC

Pesquisar



1 de novembro de 2017

Tendo em vista o elevado número de casos de calazar em animais e crianças em Patu, localizado na região do Alto Oeste do RN, técnicos da Sesap e da VI Usarp se deslocaram até aquele município para verificar, in loco, o grave problema de saúde pública.

Já ontem, dia 31, a técnica Fátima Leite, coordenadora de Endemias da VI Ursap, acompanhada por Walter Santos, subcoordenador de Vigilância Ambiental da Sesap, participaram de uma audiência pública sobre o crescente numero de casos na cidade e o que fazer para erradicar.

Segundo informações, Patu possui uma grande quantidade de cães de rua e domésticos. Estima-se em mais de 2.400 animais e boa parte deles podem estar infectados pelo mosquito transmissor do calazar. Além disso, a morte de uma criança, diagnosticada com a doença numa cidade do interior da Paraíba, fez aumentar o alerta da população.

Calazar

A leishmaniose visceral, também conhecida como calazar ou esplenomegalia tropical, é uma doença causada, no Brasil, pelo protozoário Leishmania chagasi, e ocorre quando um mosquito pica uma pessoa ou animal portador da infecção, principalmente o cachorro, e, depois, transmite a doença picando outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Capote - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.